Sete Passos Estratégicos De Marketing Direto

É bem verdade que para fazer os passos estratégicos de marketing direto, você precisa entender o que é segmentação. Esta tal de segmentação nada mais é do que encontrar uma parcela (uma fatia) de clientes com os quais você vai dialogar. É bater um papo mesmo.

E, você só faz direto segmentando. Claro, falando diretamente com quem lhe interessa. E pronto!

Jamais esqueça de que vender para todo mundo é como vender para ninguém. Você tem que conhecer as particularidades de seu cliente, com ele age, como ele pensa e, principalmente, como ele compra.

Como nosso site é de boa informação, nada mais rico e apropriado do que você entender porque seguir os passos estratégicos de marketing direto é melhor opção para você atingir seus objetivos de venda.

Veja que segmentação de clientes já existia desde que o marketing tradicional andava de fraldas, não é uma disposição nova do marketing digital, nem foi inventada neste ano.

Segmentação é a base do marketing direto que funciona. Veja agora os passos estratégicos de marketing direto!

Tradicionalmente, a segmentação de marketing era feita geograficamente, ou seja: você tinha um produto ou um serviço para vender e determinava uma região para colocar e promover estes seus produtos e serviços.

Um exemplo disso é vender para o seu bairro onde você mora. Isso é segmentação geográfica.

Você oferecia, então, somente para aquele bairro composto por pessoas e por empresas.

Escolhendo por região geográfica não funciona na Web. E agora?

Enfim, fazer segmentação geográfica pode ser uma boa ideia…ou não?

Muitas empresas da Internet – que talvez seja o seu caso – não fazem esta opção da segmentação Web e focam muito mais nas questões dos seus próprios produtos, já que, nos parece óbvio, a Web atinge todos os lugares, debaixo de um só clique.

Mas vamos analisar, sequencialmente, quais as outras formas de achar seu público. A isso chamamos de segmentação do público-alvo. Pode ser?

Passos a seguir para uma segmentação de respeito:

1º passo – Um fundamento do Marketing: pesquise

Fazer uma pesquisa sobre comunidades de interesse na Web. Isso mesmo, entre em comunidades que falem a respeito de seu produto ou seu serviço que você escolheu vender. É o ponta pé inicial para uma segmentação funcionar. Você vai conhecer, com isso, a face real de seu cliente.

2º passo – Oferecer apenas o melhor produto ou serviço (ou caia fora!)

Identificar atributos do produto/serviço que correspondam aos desejos destas comunidades, perguntando e ouvindo as respostas deles para simplesmente achar o produto certo ou serviço certo para você!

Ademais, escolha a dedo exatamente aquilo que você vai vender pela Internet.

No caso de produtos sempre escolha aqueles com os quais você tem já familiaridade, que lhe seja próximo, algum produto que você já conheça ou use.

Não tente vender violinos raros se você nunca pegou um violino na mão.

3º passo – Onde estão os nichos?

Sim, nichos são as divisões dos segmentos ou seja a parte menor de um segmento que vai lhe interessar.

Diz o Marketing que funciona que quanto menor o segmento, mais se aproxima de nicho, onde você terá maior chances de sucesso.

Identificar nichos lá dentro das comunidades com comportamentos, mais as necessidades e desejos que sejam similares. Você tem que descobrir o que eles estão pensando para poder vender a eles

 

4º passo – Comunicação por excelência

Procurar entrar na comunidade e conquistar a sua confiança e escolha seus clientes potenciais no Facebook. Sim, no Facebook! Ah, e também no Twitter. Pode ser no Pinterest.

As redes sociais são excelentes para esta tarefa e o Face já está trabalhando a seu favor, pois ele agrupa pessoas e empresas por interesses em comum. Aproveite a deixa!

5º passo – Fale na língua dos “índios”

Comunicar de forma bem personalizada sobre as suas soluções disponíveis para resolver os problemas da comunidade em questão.

A ideia é simples: fale o idioma no qual os índios daquela tribo se entende e se comunicam. Não fale russo com javaneses nem hebraico com quem é da Sibéria. Esta é fácil de compreender, não é?

6º passo – A questão dos preços

Faça uma pesquisa de preços, antes de colocar os seus. A Internet se presta para isso, já que pelo Google ou Bing ou Yahoo você consegue, numa tarde, fazer uma boa comparação.

Não esqueça que as grandes empresas mudam os preços a cada hora! Sim, eles tem preços dos produtos por hora! Só para dar um exemplo, veja os preços das passagens aéreas em promoção.

Ás vezes, em 30 minutos as passagens com aquele preço bem baixinho…sumiram.

7º passo – Os adversários estão a sua espreita

Cuidado com os concorrentes. Se você está num segmento vendendo seus produtos com aquele preço apreciável, cuidado!

Seus concorrentes são bem espertos e podem lançar uma promoção muito melhor em cima de sua promoção que você julgava imbatível! É, esse pessoal de vendas não é fácil

Você pensava que marketing digital era muito fácil, não é? Que nada, fazer Marketing é propor uma estratégia muito bem azeitada para atingir seus objetivos comerciais

Desejo-lhe boa sorte e boas vendas e mãos à obra com seu Marketing direto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *